22 de nov de 2010

ÁGUAS
nino bellieny
Fixou o olhar. Lançou todo o charme que pensava ter. Mandou recado pelas colegas contando o quanto e a quanto gostava dela. Antes da resposta se aproximou exalando confiança. E ela nada. Puxou assunto. Ela nada. Pediu telefone. Nada. Insistiu. Nada. Sorriu. Nada. Quase se desesperou. Nada. Saiu antes que se afogasse.

Nenhum comentário:

Postar um comentário